TEMA AMOR

171 - TUAS MÃOS

 

Tuas mãos

tém o poder de me esculpir

e de me enfeitar de flor de lis

como se fosse uma rainha

 

Tuas mãos

me

recriam

 

Toda vez

que me afasto de teus braços

Sinto-me mais linda

Mais menina

Mais bailarina

Tão esguia

Cintura mais fina

Pernas mais longas

sem varizes

sem estrias

sem cicatrizes

 

A própria Venus de nilo,

a emergir

sem começo

sem fim

Manequim fluido

cujos braços

são de ti

não de mim

 

ANTERIOR -- (poema) -- PRÓXIMO

MENU AMOR 151-175